A Editora JBC

A JBC é uma editora especializada em cultura japonesa que chega a Portugal para lançar os principais títulos de mangá.

O objetivo é publicar os maiores sucessos do Japão e do mundo, em língua portuguesa, prezando sempre a fidelidade ao conteúdo original.

A relação da JBC com Portugal teve início em 2006, quando começaram as primeiras pesquisas sobre o mercado português de Banda Desenhada. De 2007 a 2010, a Editora JBC esteve presente no país, vendendo as suas edições brasileiras. Mais tarde, em 2016, uma nova prospeção de mercado começou a apontar novos rumos e, no ano seguinte, surgiu o primeiro registro da Editora JBC de Portugal e as primeiras parcerias comerciais.

Produção 100% portuguesa

A produção dos mangás será 100% portuguesa, com texto adaptado à linguagem e impressão locais. O responsável pela adaptação do conteúdo será o renomado editor André Oliveira, autor de álbuns de BD como Volta – O Segredo do Vale das Sombras e duplo vencedor do Prémio Nacional de BD de Melhor Argumento para álbum Português.

JBGroup no mundo

Como parte do JBGroup, que tem vindo a unir culturas desde 1992, a Editora JBC nasceu no Japão e publica mangás no Brasil desde 2001. Neste período, já foram lançados mais de 160 títulos de mangás japoneses adaptados ao público brasileiro.

Para se ter uma ideia, a Editora JBC imprime no Brasil mais de um milhão de mangás por ano, com uma média de dez títulos diferentes lançados por mês.

Agora, além de Japão e Brasil, a JBC passa a atuar em Portugal, com sede em Lisboa.

Para aproximar estas realidades tão distantes, o CEO da JBC, Júlio Moreno, que já fez nada mais nada menos do que 32 viagens para Tóquio, além de ter morado na capital japonesa durante 4 anos, está agora a morar em Lisboa, para se dedicar de perto ao mercado português. “O nosso objetivo é colocar Portugal no circuito mundial dos lançamentos de mangá, como fizemos no Brasil, que hoje é o quarto maior mercado ocidental de BD japonesa, apenas atrás de Estados Unidos, França e Alemanha.”

Seja em Portugal, Brasil ou Japão: “A nossa língua é mangá!”